Grupo Estado Islâmico executa 19 civis na Síria

| Mundo

O grupo terrorista Estado Islâmico executou 19 civis, entre os quais duas crianças, numa aldeia da província síria de Deir Ezzor (Este) detida por forças `antijihadistas`, indicou hoje uma organização não-governamental (ONG).

"Combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) introduziram-se na aldeia de Jazrat al-Bouchams na sexta-feira à noite e executaram 19 pessoas, entre as quais duas crianças e duas mulheres", disse à agência AFP Rami Abdel Rahmane, diretor do Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

E prosseguiu: "Executaram-nas com uma bala na cabeça e depois atearam fogo aos cadáveres".

 

Tópicos:

Deir Ezzor, Islâmico, Jazrat,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 260 episódios, o projeto chegou às mais diversas áreas: saúde, engenharias, astronomia, tecnologia, química, história, filosofia, desporto ou geografia.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.