Grupo Estado Islâmico executa 19 civis na Síria

| Mundo

O grupo terrorista Estado Islâmico executou 19 civis, entre os quais duas crianças, numa aldeia da província síria de Deir Ezzor (Este) detida por forças `antijihadistas`, indicou hoje uma organização não-governamental (ONG).

"Combatentes do grupo Estado Islâmico (EI) introduziram-se na aldeia de Jazrat al-Bouchams na sexta-feira à noite e executaram 19 pessoas, entre as quais duas crianças e duas mulheres", disse à agência AFP Rami Abdel Rahmane, diretor do Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

E prosseguiu: "Executaram-nas com uma bala na cabeça e depois atearam fogo aos cadáveres".

 

Tópicos:

Deir Ezzor, Islâmico, Jazrat,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.