Guterres diz que prioridade é exercer o mandato com "independência e imparcialidade"

por RTP

António Guterres garante que a prioridade que tem neste momento é exercer o primeiro mandato com imparcialidade e independência à frente das Nações Unidas. O secretário-geral da ONU sublinha que só esse trabalho que está afazer agora poderá criar condições para um segundo mandato.

pub