Homens armados invadem hospital e matam dirigente do Movimento brasileiro dos Sem Terra

| Mundo

Homens armados invadiram na segunda-feira um hospital no Pará, no norte do Brasil, e mataram a tiro Waldomiro Costa Pereira, um dos principais líderes do Movimento dos Sem Terra (MST) na região, noticiaram os `media` locais.

O portal de notícias brasileiro G1 afirmou que Waldomiro Costa Pereira, assessor do gabinete da prefeitura do município, encontrava-se internado há dois dias no Hospital Geral de Parauapebas, depois de ter sido alvo de um ataque.

O incidente ocorreu muito rapidamente, de acordo com relatos de guardas da unidade hospitalar citados pelo G1, mas foi registado pelas câmaras de vigilância.

A polícia civil brasileira abriu um inquérito, acrescentaram.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um mês depois dos incêndios, ainda há raízes em combustão sob a terra no concelho de Pedrógão Grande. Reunimos aqui um conjunto de vídeos em 360 graus captados no local.

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Nos últimos dois anos a RTP ouviu três vozes com diferentes perspetivas do conflito israelo-palestiniano: Miko Peled, Shahd Whadi e Tamir Ginz.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.