Homens armados invadem hospital e matam dirigente do Movimento brasileiro dos Sem Terra

| Mundo

Homens armados invadiram na segunda-feira um hospital no Pará, no norte do Brasil, e mataram a tiro Waldomiro Costa Pereira, um dos principais líderes do Movimento dos Sem Terra (MST) na região, noticiaram os `media` locais.

O portal de notícias brasileiro G1 afirmou que Waldomiro Costa Pereira, assessor do gabinete da prefeitura do município, encontrava-se internado há dois dias no Hospital Geral de Parauapebas, depois de ter sido alvo de um ataque.

O incidente ocorreu muito rapidamente, de acordo com relatos de guardas da unidade hospitalar citados pelo G1, mas foi registado pelas câmaras de vigilância.

A polícia civil brasileira abriu um inquérito, acrescentaram.

A informação mais vista

+ Em Foco

O homem que se deixa guiar mais pela racionalidade e disciplina considera que chegou o momento de “mobilizar os portugueses e com eles restabelecer a confiança num futuro melhor”.

    Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

      Em entrevista ao programa Visão Global da Antena 1, o ministro dos Negócios Estrangeiros reforça o apoio ao diálogo político na Venezuela e falou sobre as relações entre Portugal e Angola.

      O ministro da Administração Interna garante em entrevista à Antena 1 que não será "nem para o ano, nem daqui por dois" que ser resolve o problema dos incêndios em Portugal.