Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

| Mundo
Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

A ver: Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

Donald Trump exige a correcção do que diz serem "falhas terríveis" no documento. Caso contrário retira-se do acordo. O ultimato aos signatários europeus foi feito na sexta-feira.

Trump prolongou por mais 120 dias a suspensão das sanções económicas contra Irão, na expectativa de que os europeus cedam.
E diz que é a última vez que o faz.

O Presidente do Irão afirma que o acordo não é renegociável e que vai mantê-lo como está, desde que os outros signatários o respeitem. Ou seja, se Washington sair, Teerão tem legitimidade para fazer o mesmo.

Para já, Hassan Rouhani refere-se ao acordo como "uma vitória duradoura para o Irão."

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.