Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

| Mundo
Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

A ver: Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

Donald Trump exige a correcção do que diz serem "falhas terríveis" no documento. Caso contrário retira-se do acordo. O ultimato aos signatários europeus foi feito na sexta-feira.

Trump prolongou por mais 120 dias a suspensão das sanções económicas contra Irão, na expectativa de que os europeus cedam.
E diz que é a última vez que o faz.

O Presidente do Irão afirma que o acordo não é renegociável e que vai mantê-lo como está, desde que os outros signatários o respeitem. Ou seja, se Washington sair, Teerão tem legitimidade para fazer o mesmo.

Para já, Hassan Rouhani refere-se ao acordo como "uma vitória duradoura para o Irão."

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Marco Aurélio de Mello considera que a prisão de Lula da Silva, após condenação em segunda instância, viola a Constituição brasileira.

      Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

        Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.