Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

| Mundo
Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

A ver: Irão diz que EUA fracassaram em destruir acordo com o resto do mundo

Donald Trump exige a correcção do que diz serem "falhas terríveis" no documento. Caso contrário retira-se do acordo. O ultimato aos signatários europeus foi feito na sexta-feira.

Trump prolongou por mais 120 dias a suspensão das sanções económicas contra Irão, na expectativa de que os europeus cedam.
E diz que é a última vez que o faz.

O Presidente do Irão afirma que o acordo não é renegociável e que vai mantê-lo como está, desde que os outros signatários o respeitem. Ou seja, se Washington sair, Teerão tem legitimidade para fazer o mesmo.

Para já, Hassan Rouhani refere-se ao acordo como "uma vitória duradoura para o Irão."

A informação mais vista

+ Em Foco

O homem que se deixa guiar mais pela racionalidade e disciplina considera que chegou o momento de “mobilizar os portugueses e com eles restabelecer a confiança num futuro melhor”.

    Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

      Em entrevista ao programa Visão Global da Antena 1, o ministro dos Negócios Estrangeiros reforça o apoio ao diálogo político na Venezuela e falou sobre as relações entre Portugal e Angola.

      O ministro da Administração Interna garante em entrevista à Antena 1 que não será "nem para o ano, nem daqui por dois" que ser resolve o problema dos incêndios em Portugal.