Israel ataca "uma centena de alvos" do Hamas na Faixa de Gaza

| Mundo

|

O exército israelita atacou hoje uma centena de alvos do movimento radical palestiniano Hamas, na Faixa de Gaza, em resposta a disparos de granadas de morteiro provenientes do enclave palestiniano em direção a Telavive.

"Aviões de combate, helicópteros de ataque e a aviação israelita atacaram, em conjunto e durante a madrugada, uma centena de alvos da organização terrorista Hamas na Faixa de Gaza, afirmou o exército, em comunicado.

Os alvos incluíram um complexo de escritórios na cidade de Gaza, um complexo subterrâneo usado pelo Hamas para fabricar granadas de morteiro, e um centro usado para um programa de drones [aparelho aéreo não tripulado] do Hamas, de acordo com os militares israelitas.

A operação aérea israelita surgiu como resposta a um ataque com granadas de morteiro contra Telavive, na noite de quinta-feira. Israel, apesar do Hamas e um grupo mais pequeno, Jihad Islâmica, terem negado qualquer envolvimento.

O confronto foi desencadeado ao mesmo tempo que o Egito continua a desenvolver esforços para mediar um cessar-fogo alargado entre os dois inimigos, que travaram uma guerra em 2014.

Vários disparos contínuos de granadas de morteiro foram registados durante a noite.

 

 

Tópicos:

Hamas Faixa,

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.