Jornalista basco vítima da ETA acredita já não haver fantasmas revolucionários na região

| Mundo
Jornalista basco vítima da ETA acredita já não haver fantasmas revolucionários na região

Foto: Isabel Cunha - Antena 1

Os ventos no país basco já não soam a revolução, refere Gorka Landaburu, jornalista basco vítima de duas ditaduras: Franco e ETA. Perdeu oito dedos e uma das vistas num dos atentados da ETA, mas hoje sente-se em segurança.

Em conversa com a jornalista Isabel cunha da Antena 1, Gorka Landaburu explica que a revolução está agora a passar pela Castalunha, onde as pessoas falam alto de futebol e baixinho de política.

Estas vão ser as primeiras eleições gerais para o congresso sem os fantasmas da ETA, que faz em maio um ano anunciou a dissolução. Num país basco onde ainda se saram as feridas de 60 anos de terrorismo.




A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.