Juiz bloqueia parte do plano de Trump para construir muro na fronteira

| Mundo

|

Um juiz federal norte-americano bloqueou a decisão do Governo de Donald Trump de desviar 6.600 milhões de dólares do orçamento do Departamento de Defesa para a construção de um muro na fronteira com o México.

A decisão do juiz Haywood Gilliam, do tribunal de Oakland, na Califórnia, conhecida na sexta-feira, interrompe os esforços da administração Trump em utilizar para aquele projeto fundos destinados aos militares.

O magistrado deu assim razão a uma coligação formada por 20 estados, a maioria governada por democratas, uma organização ambientalista e outra de direitos civis, que haviam processado o Governo federal contra a declaração do estado de emergência.

Donald Trump tem pedido ao Congresso autorização para o financiamento da construção de um muro ao longo da fronteira com o México, mas a maioria Democrata na Câmara dos Representantes negou-lhe essa possibilidade, o que levou o Presidente a declarar, em fevereiro, estado de emergência para alocar dinheiro do Departamento de Defesa.

Tópicos:

Democrata, Oakland, San,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Pedrógão Grande, dois anos depois dos incêndios, quase só os estrangeiros são atraídos para a região.

Uma equipa da RTP acompanhou o curso dos novos seguranças pessoais, "sombras" de quem protegem.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.