Maduro promete aceitar veredicto das urnas

| Mundo
Maduro promete aceitar veredicto das urnas

A ver: Maduro promete aceitar veredicto das urnas

Foto: Carlos Jasso - Reuters

A 24 horas de eleições presidenciais na Venezuela, o Chefe de Estado Nicolás Maduro garantiu a observadores de 40 países que aceitará o resultado da votação.

Apesar de os indicadores de popularidade indicarem que Maduro tem atualmente uma taxa de rejeição de cerca 80 por cento do eleitorado, a oposição suspeita de eleições viciadas.

O controlo da máquina eleitoral e das forças de segurança pelo regime de Maduro estão na base das reservas da oposição, que ponderou ate à última hora boicotar o escrutínio.

Entre os observadores conta-se o antigo primeiro-ministro espanhol José Luis Zapatero.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.