Maduro promete aceitar veredicto das urnas

| Mundo
Maduro promete aceitar veredicto das urnas

A ver: Maduro promete aceitar veredicto das urnas

Foto: Carlos Jasso - Reuters

A 24 horas de eleições presidenciais na Venezuela, o Chefe de Estado Nicolás Maduro garantiu a observadores de 40 países que aceitará o resultado da votação.

Apesar de os indicadores de popularidade indicarem que Maduro tem atualmente uma taxa de rejeição de cerca 80 por cento do eleitorado, a oposição suspeita de eleições viciadas.

O controlo da máquina eleitoral e das forças de segurança pelo regime de Maduro estão na base das reservas da oposição, que ponderou ate à última hora boicotar o escrutínio.

Entre os observadores conta-se o antigo primeiro-ministro espanhol José Luis Zapatero.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Raptos e assassínios de opositores em países estrangeiros, levados a cabo pelos serviços secretos, têm um longo historial.

Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.