Marcelo alivia falhas e puxa pelo otimismo

| Mundo
Marcelo alivia falhas e puxa pelo otimismo

O Presidente da República portuguesa disse no México que falhas acontecem a qualquer um, no que concerne ao combate aos incêndios que tem ocorrido no país mas destaca que Portugal como um todo tem estado sempre à altura das circunstâncias.

Marcelo Rebelo de Sousa pediu um minuto de silêncio pelas vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, como registou a jornalista Natália Carvalho.

O Presidente da República participa esta terça-feira no México num seminário com empresários portugueses e mexicanos.

O chefe de Estado, que está no México desde domingo e regressa a Portugal hoje às 18h50 em Lisboa qualificou esta deslocação como "uma visita muito especial, uma visita muito curta, e muito intensa, mas muito proveitosa".

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que "há todas as razões para nós apostarmos no México, todas" e que as relações bilaterais podem "ir muito longe".

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.