Marcelo alivia falhas e puxa pelo otimismo

| Mundo
Marcelo alivia falhas e puxa pelo otimismo

O Presidente da República portuguesa disse no México que falhas acontecem a qualquer um, no que concerne ao combate aos incêndios que tem ocorrido no país mas destaca que Portugal como um todo tem estado sempre à altura das circunstâncias.

Marcelo Rebelo de Sousa pediu um minuto de silêncio pelas vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, como registou a jornalista Natália Carvalho.

O Presidente da República participa esta terça-feira no México num seminário com empresários portugueses e mexicanos.

O chefe de Estado, que está no México desde domingo e regressa a Portugal hoje às 18h50 em Lisboa qualificou esta deslocação como "uma visita muito especial, uma visita muito curta, e muito intensa, mas muito proveitosa".

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que "há todas as razões para nós apostarmos no México, todas" e que as relações bilaterais podem "ir muito longe".

A informação mais vista

+ Em Foco

No centro do país, pelo menos 30 mil hectares arderam nos últimos dias. As imagens da NASA permitem ver a evolução dos fogos que afetaram a região centro do país.

    Hotéis de luxo e restaurantes de autor crescem ao lado de quem vive sem água ou luz. A Comporta tem um novo proprietário que quer transformar aquela zona num local para estrangeiros ricos.

    O Parque das Nações vai receber as duas semifinais e a final nos dias 8, 10 e 12 de maio do próximo ano. Já o festival português vai decorrer em Guimarães.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.