Marcelo elogia evolução de Portugal e vê boas perspetivas para o povo grego

| Mundo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou hoje, em Atenas, a evolução de Portugal, caracterizando-a como "um processo virtuoso", e considerou que "são também boas as perspetivas" para o povo grego.

O chefe de Estado, que chegou hoje à Grécia para uma visita de Estado de dois dias e meio, falava durante uma receção à comunidade portuguesa neste país, no salão de um hotel na Praça Syntagma, no centro de Atenas.

Sobre as relações bilaterais, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que "não podem ser melhores", com "uma relação fraternal de uma amizade já antiga entre os dois chefes de Estado" e "um relacionamento muito próximo entre os governos, a nível dos seus primeiros-ministros e de vários membros dos governos".

"São muito boas as notícias que conhecem de Portugal. São francamente boas as notícias da amizade e do relacionamento entre os bons países. E são também boas as perspetivas que existem em relação ao Estado e ao povo amigos da Grécia", sintetizou, numa intervenção de cerca de dez minutos, perante perto de 200 pessoas.

Relativamente à situação nacional, Marcelo Rebelo de Sousa disse que "Portugal, saindo de uma crise profunda, apresenta indicadores financeiros, mas também económicos, mas também sociais que são reconhecidos por todos -- pela União Europeia, mas por todos aqueles que dentro e fora acompanham a evolução portuguesa".

"Estamos perante um processo virtuoso. Não vos falo de outras conquistas que são públicas e notórias, não vos falo da eleição do secretário-geral das Nações Unidas, não vos falo do presidente do Eurogrupo, não vos recordo a vitória nos campeonatos da Europa de futebol e agora recentemente de futsal, nem a vitória no Festival da Eurovisão, nem os óscares conquistados no turismo", prosseguiu.

Segundo o Presidente da República, Portugal é "exemplo de estabilidade política, com um sistema político estável, com um controlo financeiro interno e externo, com um crescimento económico acompanhado também do crescimento do emprego, e tudo isso naturalmente que é muito positivo".

"Mas devo reconhecer que também a Grécia está num processo feito com o mérito do povo grego, e dos seus responsáveis, bem entendido, e que é um processo que se espera que possa vir a culminar dentro de meses na passagem a outra fase, uma fase importante para a economia, para as finanças, para a sociedade e para o povo amigo da Grécia", acrescentou.

No seu entender, por isso, a sua visita de Estado à Grécia "calha num bom momento".

"Por vezes, estas visitas calham em momentos em que nem todas as notícias são boas", observou.

Tópicos:

Grécia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

    Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

      A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.