Marinha tailandesa mostra novas imagens do resgate

| Mundo

É uma operação que “o mundo não vai esquecer”, lê-se no novo vídeo da Marinha tailandesa
|

É uma operação que “o mundo não vai esquecer”. A descrição é deixada na própria página de Facebook da Marinha tailandesa, que publicou esta quarta-feira imagens inéditas do resgate dos 12 rapazes e treinador da gruta de Tham Luang, em Chiang Mai, que decorreu nos últimos três dias. As imagens foram recolhidas através de câmaras colocadas nos fatos dos mergulhadores.

Um dia depois dos últimos resgates na gruta tailandesa, a Marinha divulgou novas imagens, recolhidas pelos próprios mergulhadores aquando das operações.



O vídeo, com cerca de sete minutos, mostra as condições de enorme adversidade em que decorreu toda a operação e reúne várias imagens recolhidas junto dos mergulhadores.

As crianças foram transportadas em macas à saída da gruta.

Em tailandês, a Marinha diz que “não vai esquecer os 18 dias em que o mundo se uniu em torno daquela gruta” para retirar os rapazes encurralados.

“Vamos recordar para sempre o sacrifício, a coragem e o espírito de equipa”, refere ainda a publicação.  

A operação para retirar as crianças tailandesas começou no domingo e terminou na terça-feira.  

Os 12 rapazes, jogadores numa equipa de futebol, e o respetivo treinador, de 25 anos, foram resgatados em segurança e continuam a receber cuidados médicos, após terem estado duas semanas na gruta de Tham Luang. O grupo só foi encontrado ao fim de nove dias de buscas no interior da gruta.  

Apesar do desfecho feliz desta operação, a Marinha tailandesa tem a lamentar a morte de um antigo mergulhador e membro das forças especiais, que participou nas operações de resgate.
 
Saman Kunan tinha 38 anos e morreu após ter transportado garrafas de oxigénio para a câmara no interior da gruta onde se encontravam as crianças e o treinador.  


Tópicos:

Crianças, Equipa, Gruta, Jovens, Tailândia, Treinador, Marinha,

A informação mais vista

+ Em Foco

Saiu a tabela anual das melhores escolas do país. No topo está outra vez o Colégio Nossa Senhora do Rosário, um privado do Porto.

O Governo nunca disse ao país quais são as verdadeiras razões para que não exista até hoje um estudo de impacto ambiental do aeroporto no Montijo.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.