"Missão cumprida" - saúda Donald Trump na rede social Twitter

| Mundo

O resultado dos ataques realizados hoje pelos Estados Unidos, em conjunto com o Reino Unido e a França, contra alvos na Síria "não poderia ter sido melhor", escreveu o Presidente norte-americano, Donald Trump, na rede social Twitter.

"Missão cumprida", disse o chefe de Estado norte-americano, frisando que o ataque foi "perfeitamente executado".

Trump também fez questão de agradecer o apoio dos aliados ingleses e franceses.

"Obrigado à França e ao Reino Unido pela sua sabedoria e pela capacidade dos seus excelentes exércitos", salientou.

Trump dirigiu palavras elogiosas aos militares norte-americanos, afirmando estar orgulhoso e prometendo que em breve, após a aprovação de novas verbas para as forças armadas norte-americanas, estes serão "os melhores" que os Estados Unidos (EUA) alguma vez tiveram.

Os EUA, a França e o Reino Unido realizaram hoje de madrugada uma série de ataques com mísseis contra três alvos associados à produção e armazenamento de armas químicas na Síria, em resposta a um alegado ataque com armas químicas na cidade rebelde de Douma, em Ghouta Oriental, nos arredores de Damasco.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas reúne-se hoje a partir das 15:00 TMG (16:00 em Lisboa) para analisar o ataque conjunto dos Estados Unidos, Reino Unido e França contra alvos na Síria.

Tópicos:

Douma, Twitter,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.