Moçambique. António Guterres mostra-se "profundamente entristecido"

| Mundo
Moçambique. António Guterres mostra-se profundamente entristecido

Foto: Lucas Jackson - Reuters

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, disse sexta-feira estar "profundamente entristecido" com os efeitos do ciclone Idai, mostrando-se, ainda assim, "encorajado com os esforços nacionais e internacionais" das equipas de salvamento.

"Estou profundamente entristecido pela perda de vidas e pelas emocionantes imagens do sofrimento humano que temos visto desde que o ciclone idai atingiu a Beira, em Moçambique, na noite de 14 de março, e depois varreu até ao Malaui e Zimbabué, resultando num desastre massivo", escreveu o secretário-geral numa nota divulgada pelas Nações Unidas.

Na missiva, Guterres diz-se "encorajado pelos esforços das equipas nacionais e internacionais de busca e salvamento" e de outras equipas que se juntaram para ajudar, "a trabalhar dia e noite para salvar milhares de vidas em condições perigosas e desafiantes".

Mais pormenores com a jornalista Paula Véran.

A informação mais vista

+ Em Foco

O maior campo de refugiados na Europa fica na ilha grega de Lesbos. O campo de Moria alberga quase oito mil pessoas, três vezes mais do que a capacidade instalada. Reportagem RTP.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.