Moçambique regista mais três mortos e ultrapassa 60 mil casos

por Lusa

Moçambique registou mais três mortos devido à covid-19 e 481 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o número de casos para mais de 60 mil, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

Segundo um boletim de atualização de dados sobre a doença em Moçambique, as três vítimas, com 38, 65 e 67 anos, morreram na terça-feira.

Moçambique contabiliza, assim, cumulativamente, 668 óbitos por covid-19 e 60.395 casos, dos quais 72% estão recuperados e outros 184 atualmente internados (73% destes na cidade de Maputo).

O país tem um total de 15.721 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus, dos mais de 400 mil suspeitos testados desde 22 de março de 2020, quando foi declarado o primeiro caso.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.549.910 mortos no mundo, resultantes de mais de 114,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

África registou mais 370 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 104.382 óbitos, e 8.108 novos infetados pelo novo coronavírus, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

A África Austral continua a ser região mais afetada, com 1.840.951 infetados e 56.784 mortos. Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, regista 1.514.815 casos e 50.271 mortos.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

pub