Moscovo intimado por Londres a explicar uso de gás de nervos

| Mundo
Moscovo intimado por Londres a explicar uso de gás de nervos

A ver: Moscovo intimado por Londres a explicar uso de gás de nervos

O governo de Theresa May deu um prazo de 24 horas a Vladimir Putin para esclarecer como foi possível utilizar uma gás muito perigoso de origem russa na tentativa de homicídio de um ex-espião e da filha em território britânico.

Moscovo responde que Londres tem que apresentar dados mais concretos antes de fazer acusações.

A informação mais vista

+ Em Foco

Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

    Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

      A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.