Motor destruído. Avião comercial obrigado a realizar aterragem de emergência

| Mundo

Um dos passageiros revelou imagens no Facebook do estado em que ficou o avião
|

Um avião da Southwest Airlines teve que fazer uma aterragem de emergência depois de ter levantado voo de Nova Iorque, do aeroporto de LaGuardia. Uma pessoa morreu e outras sete ficaram feridas. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o motor do lado esquerdo do aparelho parcialmente destruído.

Tinha como destino Dallas, mas depois de levantar voo de Nova Iorque os pilotos tiveram que realizar uma aterragem de emergência em Filadélfia. Um dos motores do avião teve um problema - as razões ainda não são conhecidas -  e ficou bastante danificado.



De acordo com um passageiro a bordo do aparelho, em declarações à CNN, destroços do motor atingiram uma zona das janelas do aparelho, o que causou ferimentos graves num passageiro.

Os pilotos conseguiram aterrar em segurança o avião, um Boeing 737. Uma passageira, que estava junto à janela que se partiu, morreu. Outros sete passageiros ficaram feridos.

A tripulação indicou que o incidente causou danos graves no motor do avião e na fuselagem.

"De repente ouvimos um enorme barulho", disse um passageiro à CNN. "Parecia que um dos motores tinha caído. As máscaras de oxigénio caíram".

Nesse momento, o aparelho começou a descer de forma abrupta, tendo o piloto depois controlado o avião.



As imagens reveladas nas redes sociais mostram o estado em que o avião ficou.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.