Neo. Airbus introduz revisão nos manuais de voo para prevenir ângulo excessivo do nariz do avião

| Mundo

|

A Airbus introduziu uma revisão temporária nos manuais de voo dos A321neo, avião que a TAP, entre outras operadoras, tem na frota. Uma medida que segue orientações da Agência Europeia para a Segurança da Aviação. A EASA publicou esta semana um documento, resultado de análise realizada ao avião, em que identifica que uma atitude excessiva de pitch (ângulo do eixo longitudinal do avião em relação ao horizonte) pode ocorrer em "determinadas situações e durante manobras específicas. Condição que, se não for corrigida, pode resultar num controlo reduzido do avião".

O relatório da EASA foi publicado esta semana. O documento, que está disponível aqui, alerta para esta situação e exige ação da Airbus de forma a adequar os manuais de voo para a situação agora detetada.

O documento, lê-se ainda, exige igualmente que as companhias aéreas e tripulações sejam informadas de forma a "operar o avião" da forma correta.

De acordo com o site especializado em aviação FlighGlobal, o alerta da EASA levou a que a Airbus tivesse introduzido de imediato uma revisão temporária nos manuais do A321neo de forma a prevenir a possibilidade de o avião atingir atitudes excessivas de pitch, o que pode resultar no tal "controlo reduzido do avião" referido pela EASA.

Tópicos:

Airbus, Neo,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.