Ofensiva em Idlib. NATO apela ao respeito pelo Direito Internacional

por Antena 1

Foto: Reuters

O secretário-geral da Aliança Atlântica mostra-se solidário com a Turquia depois do bombardeamento aéreo da noite de quinta-feira no noroeste da síria, que provocou a morte a 33 soldados turcos.

As Nações Unidas também já pediram um cessar-fogo imediato e a União Europeia mostra-se preocupada com o risco de um grande conflito militar internacional na Síria.

O Presidente turco tenciona ainda falar com os líderes dos Estados Unidos, França, Alemanha e Reino Unido devido ao ataque que vitimou soldados da Turquia.
pub