Pedido de 'habeas corpus' a Lula da Silva rejeitado pela justiça brasileira

| Mundo
Pedido de 'habeas corpus' a Lula da Silva rejeitado pela justiça brasileira

A ver: Pedido de 'habeas corpus' a Lula da Silva rejeitado pela justiça brasileira

Com a rejeição do pedido de 'habeas corpus' feito pela equipa de defesa de Lula da Silva, o Supremo Tribunal do Brasil votou pela detenção efetiva do ex-Presidente do Brail.

A qualquer instante, o juiz da "Operação Lava-Jato" pode decretar a prisão do ex-presidente do Brasil.
Depois de 10 horas de julgamento, o Supremo Tribunal Federal rejeitou o pedido de 'habeas corpus' feito pela defesa de Lula da Silva.
O antigo Presidente foi condenado em segunda instância a doze anos de prisão.
Com o 'habeas corpus', a defesa pretendia que Lula continuasse em liberdade até que todos os recursos legais estivessem esgotados.
Dos 11 juízes, cinco votaram a favor da liberdade de Lula, seis votaram contra.
Foi o voto da juíza Rosa Weber a desempatar a decisão.

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam. A votação do acordo em Londres acontece esta terça-feira.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.