Pelo menos um polícia morto e cinco feridos em três ataques armados na Guatemala

| Mundo

Um polícia morreu na segunda-feira na sequência de três ataques armados perpetrados contra membros da Polícia Civil Nacional da Guatemala, os quais resultaram ainda em seis feridos, incluindo um civil.

A polícia guatemalteca indicou que um agente de 30 anos foi morto num tiroteio com grupos de crime organizado numa zona da capital, durante o qual um outro polícia ficou ferido, tendo sido transportado para o hospital.

As autoridades detiveram um suspeito, um jovem de 19 anos, que estaria a tentar fugir do local em motorizada.

Num segundo ataque, que teve lugar numa outra zona da cidade, três polícias e um civil sofreram ferimentos de bala.

Num terceiro incidente ficou ferido um outro agente, desconhecendo-se a circunstância e a gravidade do seu estado.

No mês passado, a Polícia Civil Nacional da Guatemala foi alvo de uma série de ataques que o Governo considerou estarem relacionados com uma presumível reestruturação no seio de grupos criminosos.

A Guatemala é um dos países mais violentos do mundo com uma média de 16 assassínios por dia.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.