Pesadelo recordado no coração de Paris

| Mundo
Pesadelo recordado no coração de Paris

A França acorda de mais um pesadelo. Novo atentado terrorista no coração de Paris, a trazer más memórias aos franceses, depois do ataque de Nice, no ano passado, e dos atentados de 2015, na capital francesa.

O jornalista da Antena 1 na capital francesa, Frederico Moreno, visitou os cafés e restaurantes de Paris, onde morreram dezenas de pessoas, vítimas dos terroristas, há cerca de um ano e meio.

Locais onde é difícil apagar o passado, apesar das tentativas para virar a página.

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.