Polícia da África do Sul apreende heroína importada de Moçambique

por Lusa
DR

A polícia sul-africana (SAPS, na sigla em inglês) apreendeu heroína importada de Moçambique, avaliada em meio milhão de euros, no posto de fronteira entre os dois países em Lebombo, perto de Komatipoort, foi hoje anunciado.

A droga avaliada em 10 milhões de rands (520,5 mil euros) pelas autoridades aduaneiras sul-africanas, encontrava-se escondida em "compartimentos improvisados" no atrelado e no miniautocarro proveniente de Moçambique, e que estavam "repletos de outras drogas e bebidas alcoólicas ilícitas", disse a polícia sul-africana em comunicado, sem especificar quantidades.

"Investigações preliminares indicam que os ocupantes, homens e mulheres, planeavam contrabandear as drogas de Moçambique para a África do Sul antes de serem intercetados pelos agentes da SAPS e do SARS (South African Revenue Service, a autoridade tributária sul-africana)", adianta-se na nota.

A SAPS adianta que na operação realizada na segunda-feira naquele posto de fronteira com Moçambique, foram presos dois suspeitos de 48 e 50 anos pelos agentes das forças de segurança sul-africana sob acusação de posse de drogas e bebidas ilícitas.

pub