População da região russa de Khabarovsk saiu à rua em protestos

por RTP

Pelo quarto fim de semana consecutivo, a população da região russa de Kha-barovsk saiu à rua em protestos contra o Kremlin.

As manifestações anti-Governo acontecem depois do governador da região ter sido detido, acusado de envolvimento no homicídio de vários empresários há 15 anos.

A população acredita que a detenção de Sergei Furgal tem motivações exclusivamente políticas.

Mais de 10 mil pessoas exigiram a libertação do governante e um julgamento sério e independente.

Nos protestos pediu-se também a demissão de Vladimir Putin.

Em 2018, o governador agora detido derrotou o candidato de Putin para governar a região com 70% dos votos.
pub