Portugal com terceira maior quebra homóloga na produção industrial

| Mundo

Portugal teve em novembro a terceira maior quebra homóloga e a segunda em cadeia na produção industrial entre os Estados-membros da União Europeia (UE), divulgou hoje o Eurostat.

Face a novembro de 2017, a produção industrial recuou 3,3% na zona euro e 2,2% na UE, com Portugal a registar a terceira maior quebra (-2,9%), depois da Irlanda (-9,1%) e da Alemanha (-5,1%).

Comparando com o mês anterior, em novembro a produção industrial caiu 1,7% na zona euro e 1,3% no conjunto dos 28, tendo a Irlanda registado o maior recuo mensal (-7,5%), seguindo-se Portugal (-2,5%), Alemanha e Lituânia (-1,9% cada).

Segundo o gabinete estatístico europeu, as maiores subidas homólogas do indicador observaram-se na Estónia (7,9%), Polónia (5,3%) e Hungria (3,5%) e as mensais também na Estónia (4,5%), Grécia (3,1%) e Malta (2,8%).

Tópicos:

Estónia % Grécia %, Estónia % Polónia %, Lituânia %,

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam. A votação do acordo em Londres acontece esta terça-feira.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.