PR angolano transmite "tristeza e consternação" a Portugal

| Mundo

O Presidente de Angola expressou hoje a sua "tristeza e consternação" pela tragédia ocorrida em Portugal, com a morte de mais de 60 pessoas, vítimas do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande.

Na mensagem que José Eduardo dos Santos endereçou ao seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, hoje divulgada, o chefe de Estado angolano estendeu os seus sentimentos de pesar ao povo e às famílias enlutadas.

O fogo deflagrou ao início da tarde de sábado, numa área florestal em Escalos Fundeiros, Pedrógão Grande, e alastrou aos municípios vizinhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, obrigando a evacuar povoações ou deixando-as isoladas.

O balanço mais recente deste incêndio dá conta de 62 mortos e 62 feridos, entre os quais dois em estado grave.

Tópicos:

Castanheira Pera Figueiró, Escalos Fundeiros Pedrógão, Pedrogão,

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.