Reações internacionais à morte do ex-espião russo

| Mundo
Reações internacionais à morte do ex-espião russo

Foto: Florion Goga - Reuters

A Rússia insiste no aviso ao Reino Unido. Moscovo transmitiu a mensagem ao embaixador britânico para lhe dizer que os britânicos estão a provocar. Mas, na Europa levantam-se várias vozes a defender o Reino Unido.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros considera extremamente sério se ficar provado o envolvimento da Rússia no envenenamento do espíão russo. Já o chefe da diplomacia de Moscovo rejeita qualquer responsabilidade no caso.

A informação mais vista

+ Em Foco

Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

    Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

      A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.