Reconstrução do Iraque pode ser uma oportunidade para empresas portuguesas, admite Teresa Ribeiro

| Mundo
Reconstrução do Iraque pode ser uma oportunidade para empresas portuguesas, admite Teresa Ribeiro

Foto: Mário Cruz - Lusa

No Kuwait, debate-se o combate ao Estado Islâmico e a reconstrução do Iraque. A conferência internacional começou esta terça-feira a debater o combate contra o Estado Islâmico.

Os conferencistas coincidiram na opinião de que o Estado Islâmico foi erradicado do Iraque. Persistem algumas bolsas na Síria.

Quanto à reconstrução do Iraque, a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros, Teresa Ribeiro, que representa Portugal nesta conferência, diz que o grande desafio é o que se segue. O Estado Islâmico perdeu território, mas a mensagem continua a passar nas redes sociais.

Esta quarta-feira, o debate no Kuwait é à volta da reconstrução do que foi destruído na guerra contra o Estado Islâmico. Portugal tem tido ação no Iraque em termos de formação de militares e polícia e também na desminagem do terreno.

Teresa Ribeiro, em entrevista à jornalista da Antena 1 Ana Isabel Costa, admite que o processo de reconstrução pode ser uma oportunidade para as empresas portuguesas, se as empresas quiserem.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    Em entrevista exclusiva à RTP, Flávio, um dos filhos de Jair Bolsonaro, afirmou que o candidato do PT Fernando Haddad devia juntar-se a Lula da Silva.

    Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

      Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.