Reino Unido. Jeremy Hunt diz que atitude de Teerão é "inaceitável"

por Antena 1

Foto: Peter Nicholls - Reuters

A agência de notícias iraniana divulgou este sábado de manhã que o navio britânico, retido no porto de Bandar Abbas desde sexta-feira, esteve envolvido num incidente com um barco de pesca iraniano e ignorou o seu pedido de ajuda. O ministro britânico dos Negócios Estrangeiros, Jeremy Hunt, diz que esta situação é “inaceitável”.

"O petroleiro chocou com um barco de pesca durante a sua rota e depois desse incidente era necessário perceber os motivos", justificou Alahmorad Afifipur, diretor da Organização de Portos e Navegação da província iraniana de Hormozgan.

O responsável explicou que o arresto ocorreu depois de a embarcação local ter tentado comunicar com o petroleiro e "não receber resposta", de acordo com a agência iraniana IRNA, citada pela espanhola Efe.

A bordo do navio estão 23 tripulantes – 18 de nacionalidade indiana e cinco de nacionalidade russa, filipina e lituana. E, até que haja conclusões de um inquérito aberto pelas autoridades iranianas, os tripulantes devem continuar na embarcação.

Entretanto, o Governo britânico já respondeu e condenou a retenção do navio inglês pelo Irão. Jeremy Hunt considera a atitude de Teerão “inaceitável”.

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Jeremy Hunt, advertiu esta sexta-feira de que pode haver "graves consequências" se a situação não se resolver rapidamente, ainda que não esteja a considerar opções militares nesse campo.