Residentes de Sidney acordaram com praias cheias de máscaras cirúrgicas

por Alexandre Brito - RTP
A australiana Alli Potts colocou no Facebook imagens das máscaras que deram à costa Facebook Aliy Potts

Máscaras, plásticos e vários outros produtos deram à costa de Sidney, na Austrália, depois de 40 contentores terem caído de um navio. O acidente aconteceu no fim-de-semana.

O navio - APL England - tinha saído da China e estava a caminho de Melbourne quando os contententores tombaram para a água.



De acordo com jornais australianos a carga caiu para o mar devido a uma tempestade. 

Dentro dos contentores estavam vários produtos para casa, materiais de construção e material médico, entre os quais máscaras, que deram à costa entre a praia de Magenta e The Entrance.

"Todo o lado esquerdo da praia estava coberto" de máscaras, disse o responsável de operações da Autoridade Marítima Australiana. "Estavam máscaras medicinais e pacotes inteiros ainda por abrir".

A quantidade de lixo nestas praias era tanta que para além das autoridades os próprios habitantes ajudaram a limpar.

Ao The Guardian, Aliy Potts, que vive em Bondi, contou que soube o que tinha acontecido pelo jornais e que "não conseguia dormir. Dei o alarme e prometi a mim mesma vir até aqui para ajudar no que fosse possível".

Na página de Facebook publicou várias imagens onde é possível verificar a quantidade de máscaras que deram à costa.


Apesar de, para já, ter sido apenas esta a zona da costa australiana a ser afetada, as autoridades marítimas já alertaram que outras praias podem ser atingidas, uma vez que ainda há contentores no mar.
Tópicos
pub