Rússia produz vacinas mas apenas vacinou percentagem muito baixa da população

por Antena 1

A Rússia é um país produtor de vacinas, mas ainda só vacinou uma percentagem muito baixa da população. O jornalista José Milhazes, especialista da A1 para assuntos de leste europeu, foi tentar perceber os motivos para estes números reduzidos de pessoas vacinadas.

Os órgãos de informação oficiais russos não se cansam de criticar os efeitos negativos das vacinas ocidentais. Dizem que as russas são mais eficazes.

Nos últimos dias, foi até anunciada a criação de uma nova vacina russa com 100 por cento de efeito positivo.
Hungria decidiu avançar para a compra da vacina russa
A vacina, com o nome Sputnik V, foi oficialmente aprovada pelas autoridades de saúde de Budapeste e o ministro húngaro dos Negócios Estrangeiros viajou para Moscovo para formalizar o negócio, afirmando que o processo de vacinação na Europa está a demorar demasiado tempo.

Trata-se de uma quebra na política europeia de aquisição conjunta de vacinas contra a Covid-19.

pub