Scholz desfavorável a "atalho" para adesão da Ucrânia à UE

por Antena 1

EPA

O chanceler alemão defende um alargamento da União Europeia a leste, mas é avesso à ideia de uma adesão demasiado rápida da Ucrânia.

Olaf Scholz mostrou-se desfavorável à criação de um "atalho" para a Ucrânia, alertando que se trata de um processo que se pode prolongar durante "meses ou alguns anos".

"O facto de não haver um atalho no caminho para a adesão da Ucrânia à União Europeia é um imperativo de justiça para os seis países dos Balcãs que há muito desejam aderir ao bloco europeu", disse Scholz durante um discurso na câmara baixa do Parlamento alemão.
pub