Severiano Teixeira. "Ataque na Síria não beliscou a Rússia"

| Mundo
Severiano Teixeira. Ataque na Síria não beliscou a Rússia

A ver: Severiano Teixeira. "Ataque na Síria não beliscou a Rússia"

Nuno Severiano Teixeira considera que o ataque ocidental contra alvos sírios foi feito com o "objetivo muito limitado" de destruir os locais onde são produzidas armas químicas.

O ex-ministro da Defesa considera que o ataque foi "extremamente preciso e cuidadoso", notando que não houve praticamente danos colaterais.

Em entrevista ao Telejornal, o especialista em Relações Internacionais nota ainda que o ataque foi feito "sem beliscar um milímetro as forças e interesses russos".

Para Severiano Teixeira, as potências ocidentais querem mostrar que o uso de armas químicas é o limite que não pode ser ultrapassado na guerra da Síria.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.