Severiano Teixeira. "Ataque na Síria não beliscou a Rússia"

| Mundo
Severiano Teixeira. Ataque na Síria não beliscou a Rússia

A ver: Severiano Teixeira. "Ataque na Síria não beliscou a Rússia"

Nuno Severiano Teixeira considera que o ataque ocidental contra alvos sírios foi feito com o "objetivo muito limitado" de destruir os locais onde são produzidas armas químicas.

O ex-ministro da Defesa considera que o ataque foi "extremamente preciso e cuidadoso", notando que não houve praticamente danos colaterais.

Em entrevista ao Telejornal, o especialista em Relações Internacionais nota ainda que o ataque foi feito "sem beliscar um milímetro as forças e interesses russos".

Para Severiano Teixeira, as potências ocidentais querem mostrar que o uso de armas químicas é o limite que não pode ser ultrapassado na guerra da Síria.

A informação mais vista

+ Em Foco

Raptos e assassínios de opositores em países estrangeiros, levados a cabo pelos serviços secretos, têm um longo historial.

Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.