Sociais-democratas na Finlândia regressam ao poder

| Mundo
Sociais-democratas na Finlândia regressam ao poder

Lehtikuva Lehtikuva - Reuters

O Partido Social Democrata finlandês venceu as eleições, com apenas 0,2 por cento de diferença face ao segundo partido mais votado, o eurocético e populista Partido dos Finlandeses.

Pela primeira vez desde 1999, os sociais-democratas, partido de Antti Rinne, vencem tangencialmente e asseguram 40 dos 200 lugares no parlamento. Mas o partido dos Verdadeiros Finlandeses está também bem posicionado com 39 deputados.

Esta mudança deve-se principalmente à austeridade do partido do Centro que agora deixa o poder.

O resultado marca a primeira vitória do partido do centro-esquerda numas eleições legislativas nos últimos 20 anos.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um dos nomes mais importantes da arte contemporânea está a preparar uma intervenção artística em Portugal. O criador chinês Ai Weiwei acredita que, no futuro, Hong Kong e Macau não vão ser controlados pela China.

Em entrevista à Antena 1 e ao Negócios, o secretário de Estado adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, diz que um entendimento à esquerda é mais natural.

    Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.