Suécia arquiva investigação sobre Julian Assange devido a acusações de violação

| Mundo
Suécia arquiva investigação sobre Julian Assange devido a acusações de violação

A ver: Suécia arquiva investigação sobre Julian Assange devido a acusações de violação

A Suécia deixou cair a ordem de detenção de Julian Assange, o fundador da WikiLeaks que está desde 2012 refugiado na Embaixada do Equador, em Londres. Em causa estão acusações de violação.

O Ministério Público vai abandonar as investigações que duram há 7 anos. O advogavo da queixosa diz que ela está chocada com esta decisão e que vai manter as acusações.

O receio de Assange era ser extraditado para a Suécia para ser julgado por estes crimes e enfrentar depois uma extradição para os Estados Unidos para responder num outro tribunal pela fuga de milhares de documentos confidenciais.

A policia britânica diz que, apesar da decisão da Suécia, Assange pode ser detido no momento em que deixar as instalações da embaixada equatoriana.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um mês depois dos incêndios, ainda há raízes em combustão sob a terra no concelho de Pedrógão Grande. Reunimos aqui um conjunto de vídeos em 360 graus captados no local.

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Nos últimos dois anos a RTP ouviu três vozes com diferentes perspetivas do conflito israelo-palestiniano: Miko Peled, Shahd Whadi e Tamir Ginz.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.