Suécia arquiva investigação sobre Julian Assange devido a acusações de violação

| Mundo
Suécia arquiva investigação sobre Julian Assange devido a acusações de violação

A ver: Suécia arquiva investigação sobre Julian Assange devido a acusações de violação

A Suécia deixou cair a ordem de detenção de Julian Assange, o fundador da WikiLeaks que está desde 2012 refugiado na Embaixada do Equador, em Londres. Em causa estão acusações de violação.

O Ministério Público vai abandonar as investigações que duram há 7 anos. O advogavo da queixosa diz que ela está chocada com esta decisão e que vai manter as acusações.

O receio de Assange era ser extraditado para a Suécia para ser julgado por estes crimes e enfrentar depois uma extradição para os Estados Unidos para responder num outro tribunal pela fuga de milhares de documentos confidenciais.

A policia britânica diz que, apesar da decisão da Suécia, Assange pode ser detido no momento em que deixar as instalações da embaixada equatoriana.

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.