Taxa de participação na UE de 50,5%, a mais alta dos últimos 20 anos - oficial

| Mundo

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28 Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio, anunciou o Parlamento Europeu.

Com as urnas encerradas em toda a União, os dados oficiais anunciados hoje à noite no hemiciclo de Bruxelas confirmam a estimativa divulgada ao início da noite -- que apontava para uma participação entre os 49% e os 52% -, tendo o porta-voz do Parlamento Europeu, Jaume Duch, sublinhado que este é o aumento da afluência às urnas "mais significativo" desde as primeiras eleições, em 1979.

A taxa de participação nas eleições europeias deste ano ultrapassa então a barreira simbólica dos 50% e é cerca de oito pontos superior àquela registada há cinco anos, de 42,6%.

Portugal contraria esta tendência, com as projeções a apontarem para uma abstenção entre 65% e 70%, provavelmente a mais elevada de sempre.

 

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.