Theresa May pressiona acordo pelo Brexit

| Mundo
Theresa May pressiona acordo pelo Brexit

Foto: Epa-Andy Rain

A poucas horas da votação decisiva no parlamento a primeira-ministra britânica aumenta a pressão para ver aprovado o acordo de saída da União Europeia, negociado com Bruxelas.

Theresa May já tinha admitido que um eventual chumbo do documento, na votação marcada para terça-feira, pode bloquear o Brexit.

Agora, num discurso que vai fazer esta segunda-feira, a primeira-ministra britânica vai deixar a ideia de que um cenário de permanência do Reino Unido na União Europeia é agora mais provável do que uma saída sem acordo.

O jornalista João Torgal conta o que está em discussão.

Os últimos apelos da chefe do governo britânico para um acordo na votação que decorrerá no parlamento britânico.

O jornal Guardian adiantou nas últimas horas que a União Europeia está preparada para adiar a saída do Reino Unido até julho se a proposta de acordo que é votada terça-feira for chumbada.

Vinte e nove de março é o dia previsto para a saída do Reino Unido do bloco europeu.

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam. A votação do acordo em Londres acontece esta terça-feira.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.