Tribunal mantém prisão de empresários implicados em corrupção na Segurança Social moçambicana

| Mundo

O Tribunal Judicial da Cidade de Maputo decidiu manter em prisão preventiva dois empresários detidos por alegado envolvimento num caso de corrupção envolvendo a Segurança Social moçambicana, em que está também detida uma antiga ministra do Trabalho.

A Agência de Informação de Moçambique (AIM) noticia hoje que, após várias horas de audição, o tribunal ordenou que Ernesto Armando Simango e José Marcelino Pita continuem detidos.

O juiz recusou libertar os dois arguidos mediante pagamento de caução.

Os dois empresários da área de construção civil e do imobiliário foram detidos por alegada participação num caso de corrupção que lesou o Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

No dia 16 deste mês, a antiga ministra do Trabalho de Moçambique, Helena Taipo, foi detida em Maputo por alegada apropriação indevida de dinheiro do INSS, através do recebimento de montantes resultantes da sobrefaturação de obras e prestação de serviços para a instituição.

Tópicos:

Moçambique,

A informação mais vista

+ Em Foco

Apesar de ter garantido que não tem dívidas pessoais, o Sexta às 9 sabe que Berardo as tem e é mesmo alvo de quatro ações executivas.

Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.