Trump recua e apoia Londres nas negociações do `Brexit` se não bloquear comércio com EUA

| Mundo

|

O Presidente norte-americano, Donald Trump, recuou hoje nas críticas que fez sobre a gestão das negociações do 'Brexit' e encorajou a primeira-ministra britânica, Theresa May, a garantir um acordo que permita trocas comerciais entre os EUA e o Reino Unido.

"Mas tudo que fizerem está bem para mim. Essa é vossa decisão. Tudo o que fizer está bem connosco. Certifique-se apenas que podemos fazer comércio juntos, isso é tudo o que importa aos Estados Unidos", afirmou, numa conferência de imprensa em Londres.

Em entrevista publicada na edição de hoje do jornal The Sun, Trump criticou a estratégia de May para o 'Brexit' e afirmou que a proposta de uma zona de comércio livre "provavelmente mataria" um acordo de livre comércio entre Washington e Londres.

A informação mais vista

+ Em Foco

O economista guineense Carlos Lopes considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

    Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.