UNESCO lamenta decisão de sair dos Estados Unidos

| Mundo
UNESCO lamenta decisão de sair dos Estados Unidos

A ver: UNESCO lamenta decisão de sair dos Estados Unidos

O Departamento de Estado considera que a agência das Nações Unidas para a cultura e educação tem uma visão anti-Israel e precisa de uma reforma profunda.

Em 2011, os Estados Unidos já tinham reduzido substancialmente a contribuição para esta agência, depois de a UNESCO ter integrado a Palestina.

A decisão agora anunciada entra em vigor a 31 de Dezembro.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Filipe Vasconcelos Romão, comentador de assuntos internacionais, refere que o artigo 155 da Constituição Espanhola será aplicado sem que haja qualquer lei de enquadramento.

      Andrej Babiš, o vencedor das eleições de domingo, é frequentemente descrito como o "Trump checo". Mas Veronika Pehe, historiadora, prevê um certo continuismo político, acobertado com uma radicalização verbal.