Alexandre Brito

No futuro as redes sociais vão transmitir jogos de futebol em direto... no futuro?

Um dos problemas dos meios de comunicação social em todo o mundo é acharem, muitas vezes, que o futuro ainda está para acontecer. Um argumento utilizado para justificar a inércia e incapacidade de alterarem procedimentos de forma a enfrentar os tempos presentes. No futuro vai acontecer isto, no futuro vai acontecer aquilo. A verdade é que o futuro já chegou. Basta olhar para o acordo do Facebook com a Liga espanhola de futebol.

O Facebook chegou a acordo com a Liga espanhola para transmitir na rede social, de forma gratuita, todos os jogos do campeonato de futebol para os utilizadores da plataforma na Índia, Afeganistão, Bangladesh, Butão, Nepal, Maldivas, Sri Lanka e Paquistão.


Só na Índia, são 270 milhões de pessoas que têm conta da rede do Zuckerberg.

O mais curioso deste acordo agora anunciado é que Peter Hutton, o homem que a rede social foi buscar à Eurosport para gerir a divisão global para eventos de desporto em direto, afirma que se trata de uma experiência.

Ou seja, as experiências do Facebook são feitas à escala mundial, com milhões de utilizadores. O valor do acordo não foi oficialmente revelado, mas o jornal espanhol El Mundo avança que rondará os 90 milhões de euros. 90 milhões de euros para fazer uma experiência....

Na verdade, o que o Facebook está a fazer é utilizar este mercado para testar o produto, recolher dados, informação, para depois aplicar esse "know-how" a todos os mercados mundiais.

E quando isso acontecer, não há meio de comunicação que resista ao poder financeiro de redes sociais como o Facebook.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um dos nomes mais importantes da arte contemporânea está a preparar uma intervenção artística em Portugal. O criador chinês Ai Weiwei acredita que, no futuro, Hong Kong e Macau não vão ser controlados pela China.

Em entrevista à Antena 1 e ao Negócios, o secretário de Estado adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, diz que um entendimento à esquerda é mais natural.

    Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.