29ª Meia-Maratona de Ovar a caminho dos recordes

| Outras Modalidades
29ª Meia-Maratona de Ovar a caminho dos recordes

A 8 de outubro corre-se a 29ª Meia-Maratona “Cidade de Ovar”.

Trata-se de uma das mais antigas provas de atletismo do país, organizada pelo AFIS (Atletas Fim de Semana).

Rui Pedro Silva com seis vitórias e Inês Monteiro com quatro são os recordistas de triunfos na cidade do azulejo.

O presidente do clube Luís Gama, em declarações à RTP revelou que à porta da trigésima edição um dos objetivos da corrida deste ano poderá ser a tentativa de fazer cair os recordes da prova de Luís Jesus (1h01m47s datado de 1995) e de Jéssica Augusto (1h09m13s-2011).

Presentes estarão os vencedores da corrida do ano passado Nuno Lopes e Filomena Costa para além, entre outros, de José Monteiro e Inês Monteiro.

Quanto ao percurso não sofrerá alterações e inclui passagens pela floresta, praia do Furadouro e Ria de Aveiro.

Mais uma vez farão parte desta festa vareira do atletismo a 17ª Caminhada “Cidade de Ovar” e a 22ª Mini Maratona “Correr pela Vida, Não à Droga”… mas este ano há uma novidade a 1ª Corrida do Azulejo, cujos detalhes foram enumerados por Luís Gama.

Já se corre nos bastidores a 29ª Meia-Maratona “Cidade de Ovar”, uma prova única no panorama nacional e no calendário do atletismo português.
Atual palmarés da prova:
Masculinos:

Rui Pedro Silva – 4
António Salvador – 3
Joaquim Pinheiro – 2
Luís Jesus – 2
Luís Feiteira – 2

Luciano Brito, João Lopes, Alcídio Costa, José Ramon Rey, Augustine Togouy, Antony Korir, Martin Sulle, Paulo Gomes, José Ramos, Eduardo Henriques, Rui Silva, Tiago Costa, Sérgio Silva, Rui Pinto e Nuno Lopes – 1 cada.

Femininos:

Inês Monteiro - 6
Albertina Dias – 3
Marina Bastos – 2
Fernanda Ribeiro – 2
Helena Sampaio – 2
Dulce Félix – 2

Alice Silva, Manuela Dias, Mónica Gama, Fernanda Marques, Rosa Oliveira, Ana Dias, Marisa Barros, Jéssica Augusto, Cláudia Pereira, Vanessa Fernandes e Filomena Costa – 1 cada.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Kim e Donald passaram do insulto à vontade mútua de fazer história. Bem-vindos à era das ilusões.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.