Alejandro Marque, do Sporting-Tavira, vence segunda Volta a China

| Outras Modalidades

O ciclista espanhol Alejandro Marque, da equipa portuguesa Sporting-Tavira, venceu hoje a segunda Volta a China, dividida desde 2012 em duas partes, no final da quinta e última etapa da prova.

Marque, de 36 anos, terminou integrado no pelotão a última tirada, em Anshun, ganha ao 'sprint' pelo italiano Jakub Mareczko (Willier Triestina -- Selle Italia).

O espanhol, que tinha sido sétimo na primeira parte da prova, somou a primeira vitória da época, em parte graças ao desempenho do contrarrelógio individual da quarta etapa, também em Anshun, no qual foi segundo classificado.

Da Sporting-Tavira, única formação lusa em prova, o italiano Nicola Toffali terminou em 34.º, enquanto o português Frederico Figueiredo foi 39.º.

Mais abaixo, o italiano Rinaldo Nocentini acabou a prova em 101.º, enquanto o luso Valter Pereira foi 103.º e David Livramento acabou em 105.º.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

      Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

        Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.