Dakar: Carlos Sousa não partiu para a oitava etapa por problemas mecânicos

| Outras Modalidades

Carlos Sousa ainda não partiu para a etapa oito do Dakar
|

O piloto português Carlos Sousa (Renault Duster) ainda não partiu para a oitava etapa do 40.º Rali Dakar, que este domingo liga Uyuni a Tupiza, na Bolívia, devido a uma fuga de óleo no carro.

“O Duster está com uma fuga de óleo considerável, devido à quebra do radiador na etapa de ontem [sábado]”, pode ler-se na página oficial do piloto na rede social Facebook.

Uma vez que a sétima e oitava etapas do Dakar são ‘maratona’, Sousa e o copiloto, o francês Pascal Maimon, não podem contar com assistência mecânica até ao final da tirada de hoje.

O piloto de Almada, 23.º à geral, tinha a partida prevista para as 13:32 de Lisboa, mas ainda não saiu.

Hoje de manhã, em declarações ao sítio oficial da Renault Portugal, o luso explicou que a origem da fuga não foi detetada e perspetivou “mais um dia muito difícil”.

A etapa de hoje liga Uyuni a Tupiza com 584 quilómetros, 498 deles cronometrados, com o mau tempo e a altitude a serem os principais obstáculos dos pilotos.

Tópicos:

2018, Carlos Sousa, Dakar,

Pesquise por: 2018, Carlos Sousa, Dakar,

A informação mais vista

+ Em Foco

O homem que se deixa guiar mais pela racionalidade e disciplina considera que chegou o momento de “mobilizar os portugueses e com eles restabelecer a confiança num futuro melhor”.

    Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

      Em entrevista ao programa Visão Global da Antena 1, o ministro dos Negócios Estrangeiros reforça o apoio ao diálogo político na Venezuela e falou sobre as relações entre Portugal e Angola.

      O ministro da Administração Interna garante em entrevista à Antena 1 que não será "nem para o ano, nem daqui por dois" que ser resolve o problema dos incêndios em Portugal.