Djokovic regressa às vitórias três meses depois

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

O sérvio Novak Djokovic, antigo número um mundial, venceu hoje o seu compatriota Dusan Lajovic, na segunda ronda do Masters 1000 de ténis de Monte Carlo.

Djokovic, 13.º do mundo, venceu o compatriota, 93.º do ranking ATP, em dois 'sets', por 6-0 e 6-1, na estreia do Masters 1000 de Monte Carlo, num encontro que durou apenas 56 minutos, e que lhe valeu a passagem à segunda ronda.

O sérvio, que passou por uma cirurgia ao cotovelo após a derrota, em janeiro, nos oitavos de final do Open da Austrália, regressou à competição em março, perdendo no Masters 1000 de Paris e no de Miami, os dois únicos encontros disputados.

Nas últimas semanas o tenista passou por mudanças radicais na sua equipa, com as saídas de Andre Agassi e Radek Stepanek da sua equipa técnica, voltando a treinar com o antigo treinador Marian Vadja.

Na segunda ronda, Djokovic, vai defrontar o tenista croata Borna Coriv, 39.º do ranking mundial, que venceu o veterano francês Julien Benneteau (58.º).


A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.