Groenewegen vence sétima etapa, van Avermaet segura amarela

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

O holandês Dylan Groenewegen (Lotto NL-Jumbo) venceu hoje ao sprint a sétima etapa da Volta a França em bicicleta, após a qual o belga Greg van Avermaet (BMC) conservou a camisola amarela, símbolo da liderança.

Na ponta final dos 231 quilómetros da mais longa tirada desta edição, que ligou Fougères a Chartres, Groenewegen bateu o colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) e o esloveno Peter Sagan (BORA-hansgrohe), segundo e terceiro, respetivamente, com o mesmo tempo do vencedor (5:43.42 horas).

Van Avermaet cortou a meta no 16.º lugar, com o mesmo registo, e mantém o comando, com seis segundos de vantagem sobre o britânico Geraint Thomas (Sky) e oito em relação ao seu colega norte-americano Tejay van Garderen.

A oitava etapa, com 181 quilómetros a ligar Dreux e Amiens, é propícia a uma nova chegada ao sprint.

 

Tópicos:

Chartres, Dreux, Fougères, Greg, Peter Sagan BORA, Tejay,

Pesquise por: Chartres, Dreux, Fougères, Greg, Peter Sagan BORA, Tejay,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.