Gustavo Veloso e Rui Vinhas fora dos pré-inscritos para a Volta a Portugal

| Outras Modalidades

Legenda da Imagem
|

Gustavo Veloso e Rui Vinhas, antigos vencedores da Volta a Portugal, estão ausentes da lista de pré-inscritos da W52-FC porto para a principal corrida do calendário velocipédico nacional, a disputar entre 31 de julho e 11 de agosto.

De acordo com a lista de pré-inscritos hoje divulgada pela organização, os `dragões` vão apresentar como chefe-de-fila Raul Alarcon, que venceu as últimas duas edições da Volta, pouco mais de um mês depois de o espanhol ter fraturado a clavícula, no Grande Prémio Abimota.

Já os antecessores, Rui Vinhas, campeão em 2016, e Gustavo Veloso, vencedor em 2014 e 2015, ficaram de fora dos sete `eleitos` do diretor desportivo da W52-FC Porto, Nuno Ribeiro.

Entre os 133 corredores de 19 equipas, destaca-se a presença dos principais corredores portugueses das equipas nacionais, Joni Brandão (Efapel), segundo nas edições de 2015 e 2018, Tiago Machado (Sporting-Tavira), que voltou a integrar o pelotão luso após o quinto lugar em 2009, e João Benta (Rádio Popular-Boavista), assim como o `dragão` Edgar Pinto, quarto na prova em 2013 e 2018.

Ricardo Mestre (W52-FC Porto), campeão em 2011, e os espanhóis Vicente Garcia de Mateos (Aviludo-Louletano), terceiro em 2017 e 2018, Alejandro Marque (Sporting-Tavira), que venceu a corrida em 2013, também constam numa lista que inclui o veterano Oscar Sevilla (Medellin), segundo na edição de 2001 da Vuelta.

No mesmo comunicado, a organização da Volta a Portugal lamenta a desistência da Evo Pro Racing, que conta com o português Dominic Mestre, devido a "uma vaga sem precedentes de doenças e lesões", segundo o diretor da equipa irlandesa, Patrick John Nolan.

O português Domingos Gonçalves encabeça a formação espanhola Caja Rural-RGA, enquanto a angolana BAI-Sicasal apresenta dois corredores lusos (Guillaume Almeida e Micael Isidoro) e quatro angolanos (Dário António, Bruno Araújo, Gabriel Cole e Cruz Tuto).

A francesa Arkea-Samsic excluiu desta lista provisória o `sprinter` alemão André Greipel, que atualmente disputa a Volta a França.

A edição de 2019 da Volta a Portugal arranca com um prólogo, no dia 31, em Viseu, e termina no Porto, em 11 de agosto, após 10 etapas.

 

Tópicos:

Vicente Garcia,

Pesquise por: Vicente Garcia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.