Nadadora Diana Durães bate recorde nacional dos 1.500 metros livres

| Outras Modalidades

Diana Durães bateu hoje o recorde nacional absoluto dos 1.500 metros livres, ao nadar a distância em 16.15,60 minutos, no decorrer da etapa de Canet-en-Roussillon, em França, do Circuito Mare Nostrum.

A nadadora do Benfica retirou 5,20 segundos ao anterior máximo nacional, que pertencia a Tamila Holub, do Sporting de Braga, com 16.20,80 minutos, conseguidos a 08 de julho de 2016, em Hodmezovasarhely, na Hungria.

Na prova gaulesa, Diana Durães foi segunda classificada, perdendo apenas para a campeã olímpica espanhola Mireia Belmonte, que gastou 16.12,87 minutos.

Quanto aos outros nadadores lusos em prova, destaque para o quarto lugar de Alexis Santos (Sporting) nos 400 metros estilos, com 4.23,76 minutos, e o sétimo posto de Miguel Nascimento (Benfica) nos 400 livres, com 3.55,61.

Por seu lado, Victoria Kaminskaya (Benfica) foi 11.ª na geral dos 200 metros estilos, com 2.17,04 minutos, e Ana Catarina Monteiro (Fluvial Vilacondense) 13.ª nos 100 metros livres, com 1.00,73.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Estado de Kerala, na Índia, está a enfrentar as piores cheias do último século. As chuvas torrenciais fizeram 350 mortos e deixaram cerca de 350 mil pessoas desalojadas.

    Os depósitos foram descobertos nas regiões polares. Se houver gelo suficiente na superfície, a água poderá ser utilizada em futuras missões ao satélite natural.

    Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

    Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.