Osaka falha Wimbledon

por Lusa
EPA

A tenista japonesa Naomi Osaka, antiga número um mundial, anunciou hoje que vai falhar pelo segundo ano consecutivo o torneio de Wimbledon, terceira prova do Grand Slam, devido a uma lesão no calcanhar.

“O meu calcanhar ainda não está curado, por isso vemo-nos na próxima vez”, escreveu Naomi Osaka na sua página oficial da rede social Twitter, juntamente com uma fotografia num campo relvado, o piso utilizado em Wimbledon.

A tenista de 24 anos já tinha falhado o torneio britânico em 2021, mas devido a problemas de saúde mental, questão assumida publicamente pela jogadora nipónica.

Em Wimbledon, o máximo que Osaka conseguiu foi chegar à terceira ronda, em 2017 e 2018.

A tenista japonesa tem no seu currículo quatro vitórias em torneios do ‘Grand Slam’, mas todas em piso rápido (duas vezes no Open da Austrália e duas vezes no Open dos Estados Unidos).

Ausente no All England Club vai estar igualmente o canadiana Eugénie Bouchard, finalista em 2014, ano em que alcançou a sua melhor posição de sempre no ranking WTA (quinto lugar).

A tenista de 28 anos tomou a opção de não participar devido à decisão da WTA (e também da ATP) em excluir este ano o torneio britânico do ranking de pontos, por causa da exclusão de participantes russos e bielorrussos.

Os organizadores de Wimbledon avançaram com essa proibição devido à invasão da Rússia à Ucrânia e o apoio da Bielorrússia ao governo russo.

O torneio vai decorrer de 27 de junho a 10 de julho.
pub