Portugal perde com Suécia e termina em oitavo na Divisão B do Eurobasket de sub-18

| Outras Modalidades

Uma derrota final com a Suécia, por 69-66, colocou Portugal no oitavo lugar final da Divisão B do Europeu de basquetebol masculino de sub-18, que hoje terminou em Skopje.

A seleção nacional protagonizou uma entrada desastrada em jogo perante a Suécia. Apesar de ter alongado a defesa a todo o campo, os jogadores portugueses demonstraram pouca eficácia e desconcentração, pelo que já perdiam por 16-3 aos seis minutos.

O selecionador André Martins pediu um desconto de tempo e conseguiu fazer com que os seus pupilos retificassem alguns aspetos, nomeadamente na defesa. E Portugal atingiu o final do primeiro período com somente seis pontos (15-21) de desvantagem.

No segundo período, Portugal esteve particularmente ineficaz em termos ofensivos, com apenas oito pontos marcados e um grande desacerto na circulação de bola. Daí a desvantagem verificada ao intervalo (23-35).

Na reentrada, ambas as seleções 'aligeiraram' a atitude defensiva, permitindo mais contra-ataques e ataques rápidos. O parcial de 20-22 no final do terceiro período reflete isso mesmo, com a Suécia sempre no comando do marcador (57-43).

Apesar da desvantagem, os basquetebolistas lusos nunca se entregaram, acabando por perder por apenas três pontos de diferença (69-66).

Ao registar um 'duplo-duplo' (17 pontos e 11 ressaltos), o poste português Lamine Banora foi o jogador mais valioso de Portugal, que também contou com uma boa atuação do base Hugo Ferreira, com 17 pontos, seis assistências e cinco roubos de bola.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.