Sporting vence Benfica e lidera grupo K da Taça da Europa em basquetebol

por Lusa
Foto: Pedro Rocha - DR

O Sporting assumiu na quarta-feira a liderança provisória do grupo K da Taça da Europa em basquetebol, ao vencer o Benfica 72-64, em jogo da terceira jornada, disputado na Luz.

Travante Williams, Tanner Omlid e Joshua Patton, todos do Sporting, acabaram por ser os melhores marcadores do encontro, com 12 pontos. Do lado do Benfica, Aaron Broussard, com 10, foi quem mais se destacou no capítulo da finalização.

Depois de ter vencido, em 05 de janeiro, o Benfica (74-63), em jogo em atraso da quinta jornada do campeonato nacional, o Sporting voltou a aplicar números semelhantes, numa partida em que o Benfica apenas se pode queixar dele próprio pelo fraco desempenho no segundo quarto, quando marcou escassos oito pontos contra 24.

Aliás, foi esse mesmo parcial que acabou por ser determinante para o jogo, depois de os ‘encarnados’ terem entrado melhor no encontro, mérito do excelente trabalho defensivo, em que estiveram exemplarem nos ressaltos, aliado à eficácia na concretização, com 22-11 no final do primeiro quarto.

Com estes números dificilmente se esperaria o ‘apagão’ no segundo parcial, com apenas oito pontos, permitindo que os campeões nacionais dessem a volta ao marcador e chegassem ao intervalo a vencer por 35-30, tendo Tanner Omlid contribuído com 10 pontos e Micah Downs, com nove.

A vencer, o Sporting procurou jogar no erro do adversário. Com isto, foi gerindo o marcador e o tempo, chegando mesmo a ter 10 pontos de vantagem (46-36), mas, em três minutos, o Benfica conseguiu inverter a tendência e chegar ao final do terceiro quarto com uma igualdade (48-48), contribuindo para isso os dois ‘triplos’ consecutivos de José Silva nos últimos 90 segundos.

O último quarto, fruto do resultado, acabou por ser o mais emocionante. Nenhuma das equipas se distanciou verdadeiramente da outra. Mas, fazendo jus ao símbolo que ostenta, o ‘leão’ deixou a presa acreditar – o Benfica chegou a estar na frente, por 60-59, mas depois vei a estocada final do Sporting, que venceu por 72-64.

Após o apito final, os adeptos ‘encarnados’ mostraram a insatisfação pelos resultados da equipa contra os ‘leões’, em que, nos últimos oito confrontos, averbaram outras tantas derrotas, tirando satisfações aos jogadores e ao ‘team manager’ (João Nuno Crespo), não tendo sido necessária a intervenção das forças policiais.

Jogo no Pavilhão Fidelidade, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Benfica – Sporting, 64-72.

Ao intervalo: 30-35.

Sob a arbitragem de Petros Papapetru (Grécia), Lorenzo Baldini (Itália) e Sérgio Rodriguez (Espanha), as equipas alinharam e marcaram:

- Benfica (64): Frank Gaines (9), James Farr (9), José Barbosa (3), Makram Romdhane (8) e José ‘Betinho’ Gomes (3). Jogaram ainda: Aaron Broussard (10), Travis Minnings (5), José Silva (9), Hernett Hallman e Dennis Clifford (8).

Treinador: Norberto Alves.

- Sporting (72): Travante Williams (12), Miguel Cardoso (6), João Fernandes (2), Joshua Patton (12) e Micah Downs (11). Jogaram ainda: Tanner Omlid (12), Shakir Smith (6), Mike Fofana (3), Daniel Relvão (8) e António Monteiro.

Treinador: Luís Magalhães.

Marcha do marcador: 22-11 (10 minutos), 30-35 (intervalo), 48-48 (30 minutos) e 64-72 (resultado final).

Assistência: Cerca de 750 espetadores.
pub